Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vivemos em que Século?

Andava eu a "passear" pela net, a ver as novidades do dia, noticias e coisas assim, quando me deparo com uma secção que dizia: "Ainda há "ricos e pobres" no acesso á saúde."

Fiquei de boca aberta a olhar para aquela simples frase. Não que eu não tivesse conhecimento deste facto, mas acho ridiculo que coisas destas ainda aconteçam em pleno séc. XXI. Mas desconfio que injustiças destas continuem por muitos anos, porque o pobre tem sempre tendência para ficar mais pobre, e sem ajudas.

Onde já se viu, as pessoas mais carenciadas serem aquelas que menos acessos têm ao sistema de saúde? Não deveriam ser ajudadas? Ou acham que deveremos esquecer que elas existem, fechar os olhos, e deixá-las definhar sozinhas, dia-a-dia, á espera que morram?

Isto não me entra na cabeça, venha quem vier, digam o que disserem. Porque todos somos seres humanos, todos somos iguais! Podemos não o ser por fora, ou socialmente podem existir diferenças, mas isso não implica este desrespeito por parte de pessoas que se julgam superiores.

Acho isto uma cobardia por parte dessas pessoas, se é que me entendem. Porque essas mesmas pessoas, basta uma unha partida e todas as portas se abrem, têm médicos á sua espera, com sorrisos e palmadinhas nas costas e desejos de melhoras rapidamente. E estas pessoas, que não têm tantas posses, são deixadas de lado, como se vivessem num mundo á parte.

8 comentários

Comentar post