Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o dia de ontem?

O dia de ontem correu muito bem!

Depois de muito pensar, e aquela troca de olhares entre mim e o meu P., decidimos dizer "que se f***!" e levar o pequenote connosco. Visto que o P. vai ficar de férias e teremos tempo para nós. A sós.

Por isso, bem cedinho, esta vossa amiga levantou-se, arrumou o que faltava e acordou "os homens da casa". Rumámos á cidade, onde paramos para fazer as últimas compras para a viagem. Depois disso, "pé na tábua, prego a fundo" e até á próxima paragem.

Parámos na praia da Tocha, onde estava um sol quentinho... Até meio do caminho. Assim que nos aproximámos mais do mar, vimos um nevoeiro cerrado, que não havia meio de levantar. Mas não estava frio. Decidimos ver a pequena feira que havia por lá, ir ao mercado comprar um balde com uma pá para o miúdo e almoçámos por lá, pensando que o tempo melhoraria até lá.

Nada, continuou igual. Ao fim de almoço tentámos ir até ao mar, mas continuava igual. Decidimos seguir por uma estrada até á Figueira da Foz. Mas o raio da estrada tinha mais buracos que um queijo suíço. Parecia que dançávamos dentro do carro. Bem, o miúdo lá adormeceu com tanto balanço.

Chegámos á Figueira com muita risada e parvoíce da minha parte e da do P., pois ele estava sempre a meter-se comigo por causa do tempo. Na Figueira estava ótimo! Um sol quente, um céu limpo (sim, o maldito nevoeiro começou a desaparecer... ou seja, poderiamos ter ficado nma Tocha)... Mas um ventinho fresco... De arrepiar. Mesmo assim, qual belo grupo de ciganos, montámos acampamento na areia e ali ficámos.

Foi ótimo. O miúdo brincou e já não detesta a praia. É algo para repetir.